Iniciadas as obras de terraplanagem onde será construído o anexo do ICTL

O ICTL (Instituto do Câncer de Três Lagoas) comemora mais uma conquista: iniciou nesta terça-feira (7) o processo de terraplanagem no terreno onde será construído o anexo do ICTL e do Hospital Auxiliadora. A construção civil deve ser iniciada em 120 dias e será concluída em 12 meses.

O terreno está localizado no Residencial Montanini, na saída para Selvíria e possui área de cinco mil metros quadrados, sendo a área de construção dois mil metros quadrados. De acordo com o oncologista clínico do ICTL, José Márcio Barros de Figueiredo, a obra do anexo está avaliada em R$ 10 milhões e o novo espaço oferecerá atendimento ambulatorial aos pacientes de Três Lagoas e região.

Conforme Figueiredo, o espaço contará com oito consultórios médicos e tratamentos ambulatoriais, como quimioterapia, radioterapia e braquiterapia. Este último, inclusive, é feito em um aparelho que antes só tinha em campo grande; Três Lagoas é a segunda cidade do Estado a contar com o equipamento, bastante utilizado no tratamento contra o câncer de colo de útero.

Vale ressaltar também, que o ITCL contará com o aparelho “Pet Scan”, que permite o mapeamento de diferentes substâncias químicas radioativas no organismo e capaz de identificar a maioria dos tipos de canceres, através de um único exame.

Todas essas conquistas são uma grande vitória para Três Lagoas. De acordo com Figueiredo, o município se tornará um grande polo na área da saúde com a construção da nova unidade do ICTL, a modernização do Hospital Auxiliadora, assim como a construção do Hospital Regional. “Quem ganha são nossos pacientes, que continuarão tendo acesso a tratamento de qualidade sem precisar sair da cidade, ou do estado”, destaca.

O médico oncologista clínico disse também que um dos grandes diferenciais do ICTL, além dos equipamentos altamente tecnológicos, será o atendimento igualitário de qualidade oferecido aos pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde): “Não seremos um serviço que oferece uma ala para o particular e outra para o SUS, todos receberão o mesmo atendimento de qualidade em uma estrutura de primeiro mundo”, disse destacando ainda que o ICTL oferecerá 80% do atendimento a conveniados ao SUS e 20% aos pacientes que possuem plano de saúde.
Atualmente, o ICTL atende uma média de 800 pessoas por mês, realizando em média 200 quimioterapias nesse período. No ano passado, 10 mil pacientes passaram pelo local.